quinta-feira, 5 de junho de 2008

Exigência pessoal

(escurecendo)

L. saira do trabalho satisfeito com seu rendimento. Há dias estava envolvido em umas petições, mas sentia uma certa dificuldade devida a falta de experiências naqueles últimos casos.
Chegara a desconfiar da sua capacidade como profissional, sentia como se fizesse tudo errado...

----------------------------------------------------------------------------------------------------

Fazer tudo errado. Sou por natureza, muito exigente comigo. Erros quase sempre são inaceitáveis e há uma cobrança pesando pelo lado da melhora pessoal.
Eu sinto que isso me faz muito mal, já melhorei bastante, mas quando faço algo que julgo ser errado, eu fico horas depois pensando: Porque você foi abrir a boca justo naquela hora? Tinha necessidade de ter feito aquilo? Porque você não virou para ela e falou isso, isso e isso, ao em vez de ter bancado o idiota?
Fico "matutano" horas. A busca em ser uma pessoa melhor às vezes comigo funciona de forma muito radical. Quase sempre saio insatisfeito de algumas (poucas) discussões que tenho, sempre acho que devia ter falado mais verdades, dado mais minha opinião.
Uma cobrança muito grande que eu mesmo, tem hora, viro para mim e falo: Acalme Filipe, passou passou, não tem mais jeito. Errou, agora esquece.
E essa conversa comigo mesmo me fez melhorar quanto a essa exigência pessoal.
Graças a Deus!

Um comentário:

MARTA disse...

Oi Filipe,
Estou adorando seu blog!
A foto com a Maitê ficou chique demais!!!
Vamos ver se hoje consigo mandar esta mensagem.
Te adoro
Beijos
Tia Marta